domingo, 21 de março de 2010

Será que os corações andam todos doentes???

O que se passa com o AMOR???
O que passa com os corações???
O Amor tem um timing???
Aonde está o RESPEITO das relações???

Foi um fim de semana a ouvir muitas histórias de Amor desiludidas.
Foi ouvir vezes sem conta a frase típica :
« Ainda bem que estás solteira, não te cases.»
Histórias de Amor que eram grandes histórias e que agora falharam...
Porque será que anda tudo assim???
ASSUSTA-ME...
Contem-me histórias bonitas de Amor...
Expliquem-me o que se passa com o Amor...

25 comentários:

anaferro disse...

Acredita, minha linda... Agora o que mais se vê é essa falta de respeito de que falas...

Neste mundo, já não há vergonha de se admitir que se pensa em trair uma pessoa. Hoje diz-se descaradamente isso. Hoje a excepção será não o fazer, começo a achar isso pelas coisas que vou sabendo. E não particularizo por género. Homens e mulheres, anda tudo podre. Vai uma crise de valores tremenda.

Lia disse...

ainda há histórias de amor...cada vez mais raras, mas temos que acreditar que ainda podem resultar, né?

marie disse...

Não tenho histórias bonitas para te contar. até a minha actual relação é feita de discussões e desilusões e essas coisas. Não há falta de respeito mas... :s
acho que é mesmo assim. é muito raro encontrar isso, muito mesmo!

Beijiiiinho **

мα∂αℓєηα disse...

Acho q o problema seja talvez as pessoas não darem tempo p se conhecerem bem antes de casar, evitavam muitas tristezas e desilusões :P

beijinhos :))))

Nina disse...

Não andam todos...só alguns, querida!:)
bji gde

Maria disse...

Olá linda,
O Amor é como a Amizade - tem de haver respeito, compreensão, cabeça fria...cabeça muito fria para não deitar tudo a perder num momento menos bom (porque todos o temos) e construir uma história vivendo um dia de cada vez.
Amor são as duas pipocas que me deixam louca, mas que no final de contas são a nossa verdadeira razão de viver e manter o que de bom conseguimos construir até hoje sempre com base no respeito mutuo, respeito de espaço, de liberdade, de individualidade, repeito pelo passado, e pelo presente...
Não é fácil, mas é preciso cabeça fria, e nunca descer do salto, e manter sempre a pose - nunca nos perdermos ou deixarmos de ser quem somos pelo outro.
Bjs linda e ainda anda muita gente boa por aí livre e desimpedida...prontinhas para o amor...

izzie disse...

Hoje... e logo hoje... não sou a pessoa indicada para contar historias dessas...

Vim só deixar um beijinho e dizer que nos encontramos Sábado... que a Pintarolas fala maravilhas de ti :)

Beijinho,

Mona Lisa disse...

Olá

Tens razão...onde anda o AMOR?

Amor partilhado, desejado...se souberes diz!

Bjs.

Gonçalo disse...

Sábado é um bom dia para contar histórias de amor! A contagem decrescente já começou e eu com tanta coisa ainda por definir. Mas até estas indefinições se podem assemelhar a amor :)

Beijinhos e uma semana feliz :)

na america profunda disse...

Eu acredito no amor, deixei tudo e todos e vim viver um grnde amor do outro lado do oceano :-)
beijinhos e acredita no amor

Menina Azul disse...

Minha querida Susaninha,
Acho que é só uma questão de timing e de gerir expectativas.
Eu estou in love e espero continuar por muito tempo
E penso positivo: "Vai dar certo!"
Um conselho: Deixem-se Apaixonar :)
Beijocas grandes para a minha amiga da primária ;p
Joana

Corset disse...

peço desculpa minha querida, mas por cá não há histórias bonitas de amor para contar...

Lutché disse...

Hoje, como ontem, o Amor não é puro e eterno... a diferença é que hoje há menos hipocrisia e paciência para se errar... erraste, avançamos para outra... a vida é muito curta para se estar com quem não merece! mas pior que o Amor, para mim, anda a Amizade! essa sim, essencial para o ser humano, mas cada vez mais o ser humano é egoísta... c'est la vie!!!

Lilá(s) disse...

Mas que ideia! nem todos os casamentos dão errado, desde que haja respeito é meio caminho andado depois, o tempo ajuda a limar pequenas arestas...fala a experiencia, tenho uma linda história de amor e conheço muitas...por isso toca a CASAR.
Bjs

JT disse...

Olá...
é tudo muito complicado...
Sabem que mais, ouçam a nova musica dos Expensive soul...

http://www.youtube.com/watch?v=OBmR-pJz6Wo

Jts (";)**

Cuca disse...

Susaninha, eu também me questiono do mesmo. Sabes que cheguei à conclusão que hoje em dia os casais não fazem o mínimo esforço para ficarem juntos e continuarem a sua história de amor. As pessoas tornaram-se egoístas e incapazes de enfrentar a vida tal como ela é, ou seja, com e sem obstáculos. Dá-se prioridade ao capitalismo desprezando os valores familiares. Tenho conhecido muitas histórias de amor dessas mas mesmo assim não desisti. Encontrei aquele que eu acho ser a pessoa ideal para me acompanhar durante muitos anos e já lhe disse: "Não penses que vou fazer parte daqueles casais que se juntam ou casam, tem filhos e depois separam-se com a maior das facilidades. Por muitas discussões que possamos vir a ter quero ficar contigo até aos 90 anos!". Ele olhou para mim com um ar muito assustado...

Libelinha☆ disse...

Acredita que ainda há muita gente feliz!... Eu estou feliz!...

Beijinhos ;P

Anónimo disse...

É SÓ ARRANJAR A FEBRA CERTA! ;-)

bonequinhoda bic disse...

Queres ouvir a versão longa ou a versão curta ?

Susana disse...

O que se passa é que o pessoal anda a ver muitos filmes na TV Cabo! Cortem a TV Cabo ao pessoal e é ver o amor a desabrochar!
Expectativas de histórias de amor como as que vemos na televisão levam só e apenas a frustações! Porque quando pensamos em amor "como nos filmes" só pensamos nas coisas boas e ninguém consegue viver o dia-a-dia só com coisas boas. E o pessoal já não tolera as menos boas...qto mais as más! Nós somos de Marte e eles são de Vénus. Nós dizemos não quando queremos dizer sim, dizemos que não é nada qdo estamos fulas da vida capazes de arrancar a cabeça deles à dentada! Como é que podemos esperar que nos entendamos às mil maravilhas? Mas como também andamos com tanta pressa a correr de um lado para o outro todo o dia e toda a noite não temos tempo para nos dedicarmos a perceber o outro, a escutá-lo, a amá-lo.
É preciso haver tempo para amar!
E nós ás vezes nem temos tempo para nos coçar!
O amor descartável é um síndrome dos dias de hoje. O consumismo e o fast living leva-nos ao fast loving!
É preciso formatar as mentalidades para o amor com tempo, com calma, com companheirismo, com amizade e compreensão!
E VIVA O AMOR!

JT disse...

Desculpem!!!
"Arranjar a febra certa?"
Susaninha, desculpa, mas agora vai mesmo resposta á JT!
" E vamos nós aturar 1 porco por uma (e as vezes nem isso) chouriça?"
Susaninha,como tu dizes "onde está tua nave (anonimo)????
Enfim...
Jts (";)**

sideny disse...

Ola Susana

Hoje em dia as pessoas quando se juntam ou casam ja vao a pensar se nao der certo separam-se.

Ha bastante falta de respeito, e falta de compreensao nos casais de hoje.

O amor verdadeiro e lindo e ele continua a existir.

beijinhos

Desculpa a falta de sedinhas e acentos mas o computador deu-lhe uma travadinha:))

Green Eyes disse...

Eu conheço histórias de amor lindas de morrer :)) A dos meus Pais que se amam(e vejo isso todos os dias, felizmente) há quase 50 anos e a da minha mana mais velha há quase 26 :))

(In)Felizmente para os meus lados é mais "sem história"... nem boa nem má...

Beijinhos
amar é bom se formos correspondidos e mesmo assim se não houver muitas interferências externas... ;)

Marjane disse...

Muita gente procura paixões e satisfações instantâneas. Ora, tal coisa não existe! Essas pessoas não se querem dar ao trabalho de olhar para quem têm ao lado e tentar compreendê-la e assim, vão procurando satisfação em várias pessoas!

Então eu conto-te uma história de amor. :)

A forma como começou foi banal, mas é um amor que se constrói todos os dias. Com muita ternura, respeito, humor,dedicação e paixão.


O segredo de tudo está nos sorrisos. :)

beijinho

ana disse...

Também me tenho perguntado muito isso ultimamente...