quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Sinto-me despregada tudo por culpa do Santo Amaro:)

Hoje foi dia de almoço especial....
Não sinto os braços , sinto -me despregada!!!
A D.Emilia fez um almocinho XUXU BELEZA...E o nosso vinho do porto final foi o que contribui para eu ficar despregada...
E A DUVIDA É - SERÁ QUE OS PEIXES TOMAM PÍLULAS???
AIIIIII SUSU...
AIIIIII SANTO AMARO:)

Os meus Pais conheceram -se neste dia , há quarenta anos atrás....
O PAPY OLHOU PARA MINHA MAMY E DISSE QUE MIUDA GIRA, TEM CÁ UMA PERNOCA :):):)
Estou a gargalhada, não consigo escrever mais...

XUUUAC:)

9 comentários:

Paula Rodrigues disse...

AHAHAHAHA!!!!!... "Tem cá uma pernoca...e há-de ser minha!" E, foi!!!
Quanto ao despreganço... já sabemos que quem bebe vinho como quem bebe água, ao fim do primeiríssimo gole...já está UHUHUHUHUHUHUHHHHH! E, mais um copo pró Santo Amaro que foi Santo Casamenteiro!! YESSS! AHAHAHA!
BEIJOS E VIVA AO AMOR QUE NOS GEROU!!! E, que nos deixou esta centelha de MUITO AMOR para DAR!!!

Gilberto disse...

Correccao foram ha 47 anos, em 1962. Depois veio a tropa Angola-Nambuangongo em 1963 o regresso em 1965 o Casamento em 1967, depois em 1971 EU, em 1974 a Paula e em 1976 o Brinquinho da Cantareira.
Como e engracado sermos irmaos e descobrir tantas coisas tuas que eu nao conhecia...

Susaninha disse...

MANO ÉS INCRIVEL....
Ainda bem que tenho um blog,olha o que vou aprender contigo...
ADOREI ESTAS DATAS:)
ESTÁ REGISTADO:):):)
Estamos sempre a descobrir coisas novas:)

LU disse...

Então foi no dia de Santo Amaro que o amor aconteceu e dele surgiu duas belas e amorosas pessoas!!!Bem haja Santo Amaro!!!
P.S ( descuple Sr. Engenheiro por não mencionar o seu nome, mas efectivamente não o conheço, contudo há uma grande probabilidade de ser genético)!!!
Beijão para a famíla Rodrigues!

Gilberto disse...

Lu acredite que e verdade... e como sou o mais velho sera facil perceber que as manas seguiram os boas pisadas do irmao.

LU disse...

Sr. Engenheiro, a idade e a experiência a ela inerente vai trazendo à nossa vida algum cepticismo...mas pelas maninhas e pelo bem da ciência, eu vou dar o benefício da dúvida!!!!!Os meus cumprimentos.

Beijão e bom fim de semana SU!!!

Gilberto disse...

Cara Lu, eu nao confundiria cepticismo com realismo.
Contudo tambem e verdade que nem sempre idade e experiencia andam de maos dadas...porem no caso particular e concreto permita-me dizer-lhe que a confianca e essencial ao sonho e ao futuro. A experiencia sera o tonico que precisamos entre o discernir e o impulso e portanto e e sera sempre oportuno podermo-nos encantar.
Por outro lado, agradeco a simpatia de considerar-me ao nivel das minhas manas, mas nao resisto em dizer-lhe que nao sou apologista das duvidas ou de qualquer espirito que suscite o beneficio da duvida. Assim sem mais os meus calorosos cumprimentos porem sujeitos a um pedido que me permita remover o cepticismo e clarificar o potencial beneficio da duvida.

LU disse...

Susaninha!!!! Não querendo monopolizar o teu blog, vou mesmo ter que responder ao teu maninho!!!

Caro Engenheiro, revejo nas suas palavras alguém com uma atitude bastante dogmática perante a vida! Penso que nos dias que correm nem o proprio Kant defenderia tais pensamentos!! A dúvida é um caminho fundamental para quem quer conhecer a verdade, o que me leva a pensar que, quem não a considera, é porque talvez tenha algum receio da sua própria verdade! Contudo não discordamos em tudo...a questão da confiança, dos sonhos, do encantamento, tb são importantes e devem estar presentes na nossa forma de pensar e de estar!!!
E para finalizar a questão,haverá concerteza oportunidades para que as dúvidas sejam dissipadas!!!Os meus mais sinceros cumprimentos!

Gilberto disse...

Desculpe mas nao estamos de acordo. Todos nos temos uma posicao dogmatica sobre a vida em aspectos cuja heranca cultural-filosofica formatou-nos nesse sentido como sera o caso religioso.
Falamos de duas duvidas totalmente diferentes, porem sem envolvermos as questoes semanticas inerentes a palavra, filosoficamente a duvida faz parte da formulacao da teoria na procura da verdade filosofica.
"So sei que nada sei" e nisto parece-me que nao discordamos.

Porem a duvida que referia no seu comentario se bem entendi, era uma duvida no ambito pessoal, e evidente que estas duvidas pelo desconhecimento serao alvo de uma duvida filosofica, no entanto um espirito cartesiano, cientifico e racional faz a apologia da resolucao.
E, a resolucao passara sempre pela dissipacao das duvidas, pela explicacao, por uma resposta a formulacao da tese.
Portanto nao vejo de que forma possa haver medo na procura ou no enfrentar a nossa propria verdade, conforme refere.
Mais naquilo que me diz respeito garanto-lhe que a minha verdade nao me oferece nenhum sinal de receio, porque como dizia Aristoteles "A unica verdade e a realidade".

Assim cara Lu, viva a duvida...mas mais do que isso viva a oportunidade de a dissipar.

E por falar em dogmas, tenho fe que me conceda o privilegio da oportunidade.