domingo, 15 de maio de 2011

Praia e Melancia:)

Hoje senti o cheirinho das férias...
Sabe-me tão bem...
A praia é a minha onda, renova-me:)
Estiquei a toalhinha e devorei o sol, aliás devorei muito vento...
Mas já deu para sentir o cheirinho:)
Comecei a ler o livro da Maria Keyes « Melancia ».
Adoro começar a ler um livro na praia:)
Um brinde aos prazeres da vida que nos deixam com forças para enfrentar tudo e todos:)
Directamente da minha «Catedral» ao som de Zélia Duncan deixo-vos SUUUrrisinhos domingueiros:):)



6 comentários:

Mariavaicomasoutras disse...

Ena pá! Esse areal é-me familiar...e nem fazes ideia o que eu fiz no Domingo, atirei-me a uma melancia na praia e fiquei com uma meloa!
Uma particularidade em comum: adoramos o mar e a praia.


Beijinho*

sideny disse...

Olá

Já apetece ir, mas cedinho como eu gosto.

Fui antontem e adoro ouvir o barulho do mar e eu a dormitar:))

beijinhos

Laura disse...

Praia é praia, não importa o vento nem a areia que se engole a tragos lentos, adoro praia, vivi a minha infância e juventude a gozar dias e dias felizes junto ao mar...

beijinho da laura

só 1 mulher disse...

Cheirou a maresia aqui

1 beijinho

A moca que faltava disse...

É... melhor do que ir à praia apanhar chuva na cara, é começar (e acabar) um livro na praia. De preferência numa praia onde a nortada se faça sentir, porque sempre se evita o trabalho de virar a página. Basta segurar o livrinho com as duas mãos e soltar apenas a página onde estamos, que a brisa com mais de 60 km/hora que se sente nas praias da costa Oeste de Portugal, "praí" desde o Guincho até à foz do Rio Minho, é um "virador" de páginas muito eficaz. lool

Mariavaicomasoutras disse...

Tens razão moca ali para os lados da praia da Arda a coisa até levanta voo...