sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Diário Malawi - Povo hospitaleiro:)

Hoje lembrei-me do carinho dos malawianos...

Agosto 2008O povo malawiano é muito afável e hospitaleiro...
Estávamos a caminho de Lilongwe quando assistimos a uma procissão.Centenas de mulheres ,todas vestidas de igual ocupavam a estrada toda,buzinamos para passar e elas sorriam , cumprimentavam, corriam atrás do carro..São mesmo afáveis ou então são como eu , não resistem a uma digi:)




















Em 2003 ,na minha primeira visita a Malawi houve três momentos que me marcaram imenso:-a visita a uma aldeia ,em que levava roupa para dar algumas mulheres...Entrei na casa de uma dessas mulheres,e a primeira coisa que fez foi oferecer-me uma esteira para me sentar.Só depois é que cumprimentam e sentam-se...Ofereci os vestidos e a senhora foi logo vesti-lo para eu ver.
É certo que o vestiu ao contrario,mas estava tão feliz que me queria dar uma galinha.
Os Malawianos tem um provérbio :« As visitas são como o orvalho»,o que quer dizer que vêm e vão embora depressa,por isso tem que ser bem acolhidas.

-fui á Missão da Irmã Salete, que ficava no meio do nada.Para lá chegar era preciso percorrer kilometros de estrada em terra batida com crateras no chão.A Missão só tinha meninas, quase todas órfãs.A Irmã Salete fazia um trabalho excelente,mas estava com um problema em mãos-os curandeiros,já tinham morrido muitas muheres que iam fazer os partos aos curandeiros e havia um boato - a Sida tinha sido um castigo dos espíritos e para se libertarem tinham que tomar um preparado para a libertação dos espiritos maus.A luta era a educação e claro a Evangelização.
As meninas da Missão ofereceram-me um crucifixo...Fiquei admirada porque não sabia que o Jesus deles era preto...

-na praia apareceu um mãe aflita ,porque o filho estava doente.O bebe devia ter um mês,era pequenino e estava muito agasalhado.Ardia em febre,a D.Leonilde disse para lhe dar um banho,não o agasalhar tanto e deu-lhe uma medicação.
Á noite a Mulher foi agradecer e levou a crinaça...Estava bem melhor.Em agradecimento perguntou-nos qual era o nome mais tipico de Portugal..Nós dissemos que era António e Manuel...A criança ficou com o nome António Manuel...

8 comentários:

Marjane disse...

A história do António Manuel fez-me lacrimejar de emoção, SuSu...

Beijinho no teu coração lindo

Libelinha disse...

"Batizaste" uma criança, hehehe!... As pessoas com mais necessidade são normalmente as que mais sabem bem receber!... As tuas histórias são lindas!...

Beijinhos ;P

PS: não esqueças o desafio, hehehe

bonequinhoda bic disse...

Obrigado Linda por este bocadinho e por estas histórias :)

Green Eyes disse...

Docinho de Coco, elas queriam era fugir da procissão… lol (brincando, obvio)

Adorei o provérbio :) :)

Claro que cada um cria o Jesus à sua imagem :)

Adorei o último episódio que contaste, é de uma beleza tão “naife”, obviamente que aqui a Miss coração de manteiga (eu) se derreteu toda e deixou rolar uma lágrima ;)

Beijinhosssss
Por vezes até parece que estou lá ctg ;)

Lilá(s) disse...

Olá
Gostei do teu blogue, voltarei.
Bjs

мα∂αℓєηα disse...

Tão giro isso d "As visitas são como o orvalho"...está bem visto..

Lindas sempre as tuas histórias desta viagem...

Beijinhos ****

Girl in the Clouds disse...

A tua experiência de vida é maravilhosa!!

Ailime disse...

Susaninha,
Muito obrigada pela visita ao meu cantinho.
Gostei de visitar o "Brinquinho"!
Também achei que deve ser uma mulher espantosa!
Que experiência de vida essa sua missão no Malawi!
Muito bom relembrar esse serviço em tempo de Advento.
Um beijinho.
Ailime
(Volte sempre)!