sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Diário Malawiano - Sétimo selo:)

Questões que nos fazem realmente pensar:)

Agosto 2008
Foi neste sítio maravilhoso que terminei o SÉTIMO SELO...
Fez-me pensar tanto...
O que será a nossa vida sem o petróleo???
Porque será que os governos não apostam no hidrogénio,ou na energia solar ,ou no biocombustível.O petróleo não dura para sempre,e o futuro do abastecimento energético é talvez um dos maiores problemas de sobrevivência do planeta enquanto sistema biológico e a sustentabilidade da economia.
Nunca pensei sobre o fim do petróleo e da sucessão energética,este livro fez-me realmente pensar até me arrepiei...

Outra questão foi a terceira idade.O ciclo da vida é impressionante.Na velhice voltamos muitas vezes ao inicio do nosso ciclo de vida (somos crianças).A esperança de vida aumentou,mas será que a qualidade de vida aumentou na mesma proporção?A dor de um filho a ver os Pais com doenças degenerativas.O facto de os pôr num lar,a dor de ver os Pais a definharem-se...Isto sim é cruel.
Como dizia Tomás ,todos nós temos um sétimo selo para quebrar ,um destino a nossa espera ,um apocalipse ,um fim de linha...


6 comentários:

Anónimo disse...

Boas questões.A foto do meio está linda...

мα∂αℓєηα disse...

Lindo mesmo esse sítio :))

Tens toda a razão nas questões q pões....só acrescento na 2ª, q a velhice nem em todos os casos é assim como dizes, depende tudo da saúde q se tem...os meus avós por exemplo, vivem nas suas casas, sem ajudas de ninguém, fazem tudo na maior independência. Acho q tb é uma questão de sorte, mas se tentarmos ser sempre saudáveis nos nossos hábitos, pelo menos temos mais chances de ter uma boa qualidade de vida na 3ª idade ;)

Beijinhos :))))

Susaninha disse...

Sim Madalenita, tens razão.Mas aqui no livro a mãe do Tomás tinha Parkinson...
Nestes casos é que é mais complicado...

мα∂αℓєηα disse...

Claro Susaninha, tens toda a razão...foi o q eu disse é preciso ter sorte p não apanhar doenças dessas e ser "saudável" :))

Anónimo disse...

Susu neste sitio lindo vais pensar nisso....És doida??

Imperator disse...

olá!

o livro é engraçado, tendo em conta o tamanho li-o que foi um instante.

embora as histórias sejam super giras, temo que o Prof. Tomás de Noronha, seja uma personagem um pouco dualista e bastante azarada.

azarada, pelo que se vêm relação à sua vida pessoal, começando os problemas no Codex 632, e daí para a frente é um descalabro...

dualista porque se por um lado é um excelente criptanalista por outro parece um pouco burro e cai sempre nas artimanhas...

mas gosto de ler os livros, já tenho o último, "fúria divina" estou só a tentar tomar balanço para o ler.